Viatura da Patrulha Comunitária Rural é entregue durante a Exposol

Data: 4 de maio de 2019
Crédito: Ana Flavia Marafon/Clic Soledade
Fotos: ClicSoledade

Viatura da Patrulha Comunitária Rural é entregue durante a Exposol

A aquisição e licitação da Caminhonete Amarok 0Km 4x4 foi realizada por meio do Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal dos Municípios do Alto Jacuí e Alto da Serra do Botucaraí (COMAJA)

Foi entregue na manhã de sábado, dia 4 de maio, a viatura da Patrulha Comunitária Rural. Uma soma de esforços de 11 municípios: Soledade, Espumoso, Campos Borges, Fontoura Xavier, Tio Hugo, Ibirapuitã, Mormaço, Alto Alegre, São José do Herval e Itapuca, e Tapera. Os municípios investiram cada um R$ 15.390,00, totalizando o valor de R$169.260,00.

O prefeito de Mormaço, Rodrigo Trindade, no ato representando a Amasbi, destacou a importância da união dos municípios. “É uma conquista muito grande de todos os 11 municípios que estão juntos. É uma luta onde nós tínhamos a Patrulha que dava resultado e esse trabalho nos foi tirado. Agora com a vinda dessa viatura, com certeza nossa região, na parte da segurança, vai haver uma mudança muito grande”, afirmou.

Para o capitão da Brigada Militar, Cassiano Boscardin, o momento é de grande realização após a luta de mais de três anos. “É a concretização de vários anos de trabalho, tropeços, retomada da caminhada e aqui se realiza. A BM não se conforta com o óbvio, se nós nos confortássemos no primeiro embate iríamos desistir, mas hoje se concretiza esse sonho e nós sonhamos em proporcionar segurança ao cidadão de bem”, pontuou.

Além disso, foram investidos ainda R$ 12 mil para compra de armamento, valor destinado pela Aprosol, e R$ 52 mil para a blindagem, que foi repassado pelo Sicredi. “O Sicredi acredita em projetos como esse, aqui não tem marketing, aqui tem a importância da valorização do ser humano. Esse veículo, não é o valor dele, o que vale é o valor do projeto, o que tem por trás dele. A preocupação com o ser humano, especialmente o produtor rural. Essa caminhonete representa a redução do êxodo rural, a segurança das pessoas, a qualidade de vida”, relatou o diretor executivo da Sicredi, Rogério Matuella.

Com a criação da Patrulha Rural será intensificado o trabalho no campo, trazendo maior segurança aos moradores da área rural. “O meio rural estava precisando extremamente disso. O número de abigeatos e de assaltos a residências do interior aumentaram, tendo a Patrulha Rural é uma segurança á essas pessoas que moram no interior”, ponderou o presidente do Sindicato Rural de Soledade, José Pedro Turella.

A expectativa é de que a Patrulha Rural já comece a atuar a partir da próxima semana na região de Soledade, atendendo os municípios que colaboraram com a compra da viatura.